Fotografia Viagem

Intercâmbio: Londres e Fotografia

10624946_712242908860761_2362243650452821437_n-1

Conheci o Renato ano passado no Mackenzie assim que comecei a trabalhar no laboratório. Ele fazia o curso de Design a noite e sempre ia visitar o pessoal que trabalhava no lab. Conversávamos sobre fotografia e muitas vezes ele ia fotografar nos estúdios para testar os filmes novos que comprava.

No fim do ano passado o Renato foi fazer um intercâmbio em Londres para participar do Ciências Sem Fronteiras. Felizmente, ele tem tirado muitas fotos por lá, assim a gente pode matar as saudades olhando cada pedacinho de Londres que ele fotografa.

Conversei com ele sobre fotografia, sobre o intercâmbio e separei algumas fotos que ele tirou – que por sinal fiquei apaixonada, me senti andando pelas ruas de Londres, revivendo cada instante fotografado como se estivesse lá. E você pode conferir tudo isso logo abaixo!

TMAX_400025

pperg1

Minha namorada me falou que existia um programa chamado Ciências sem Fronteiras, que era basicamente um programa de bolsas do governo que financiava os estudantes a passarem seis meses ou um ano estudando fora. Aí nós achamos interessante e resolvemos tentar. Ficamos nesse processo um ano e conseguimos passar.

perg2

É bem simples, é tipo faculdade + jantar + trabalhar nos projetos. Aqui cada dia tem uma matéria diferente, algumas envolvem foto e tudo mais se o projeto pedir.

perg3

Ah tenho sim alguns tipos, como os banquinhos na beira do lago do Hyde Park. Tem uns cisnes e umas gaivotas.

perg4

No começo eu saía mais, de tirar o dia para tirar foto em alguma parte da cidade que eu nunca fui. Hoje eu tento levar ela comigo quando vou em algum lugar novo e aproveitar a oportunidade pra tirar fotos. Eu também levo ela quando tem algum acontecimento em grupo pra tirar fotos deles tal, ai é mais uma pegada de registrar mesmo.

perg5

Hmm então, eu acho que eu sempre sou mais atraído por retratos, mas o jeito da cidade tem me feito ficar atraído por umas outras coisas tipo a “fotografia de rua” e paisagens, que é outra coisa que eu tô tentando dar uma exercitada.

perg6

Com a analógica. Eu nem tenho digital! Eu aproveito que aqui é muito mais acessível ser um fotógrafo analógico e nem toco em nada digital hahaha

perg7

Revelar eu estou revelando em casa mesmo, comprei os equipamentos e químicos tudo aqui. Ampliar eu amplio ou na faculdade ou em casa mesmo. Na faculdade se for médio formato e em casa se for 35mm, já que eu e um amigo dividimos um ampliador. Scanear é a única parte que eu faço exclusivamente na faculdade.

perg8

Acho que o que mais usou foi um cartaz para um projeto de loja dentro da própria faculdade. A gente acabou optando por fazer o cartaz ser só uma foto da própria loja porque ela carregava o titulo dela, então a gente arrumou a mesinha, as caixas, escreveu os nomes e tudo. Foi meio que um projeto de still. Nesse caso usamos uma digital de um dos integrantes. Outro projeto foi um evento que fizemos e aí a foto foi pra registrar o evento também.

perg9

Ah eu acho que pro meu tipo de trabalho eu não sinto falta de muita coisa. Eu imagino que São Paulo seja uma mina de ouro pra quem tem uma fotografia mais documental ou social, mas pro meu tipo de foto eu acho que eu não sinto muita falta. Mas acho que São Paulo tem uma doidera que é bem interessante, uma selvageria, sabe?

E agora eu deixo vocês com as fotos que o Renato tem tirado por Londres. ENJOY!

Adox_CMS20-1 Delta_400-30 Delta_3200_031 Kentmere010 Adox_CMS20-6 Silvermaxum031 Pan 100_-27 TMAX_400010 Neopan_400_028 Pan_100-22 Delta_400013 Rollei RPX 400_004 copy

Salvar

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Mari
    11 de janeiro de 2015 at 11:18

    Let, ficou muito bom. O Renato cada vez está mais talentoso!

  • Reply
    Ivan Freddi
    11 de janeiro de 2015 at 12:30

    Ele é muito bom no que faz, tem muita sensibilidade e competência artística e técnica. Um orgulho ser seu pai.

  • Reply
    Daniel Araujo
    11 de janeiro de 2015 at 18:19

    Yay!! Bela reportagem!!

  • Leave a Reply