Inspiração

Leitura: Anna Karenina

Ultimamente tenho tido bastante tempo para ler por conta das férias, mas continuo deixando minhas leituras para o período da noite. Aquela hora em que você já fez tudo o que tinha que fazer durante o dia e está acabado e com muito sono haha. Ou seja, a leitura não é produtiva e eu acabo lendo muito pouco. Entretanto, isso mudará. O começo do ano está aí e minhas metas para 2014 já estão sendo listadas. Entre elas, começar a ler com mais frequência e terminar o livro lindo que estou lendo esse mês: Anna Karenina (em português, Ana Karênina), escrito por Leon Tolstoi.

Interessei-me pelo livro quando soube que ele seria adaptado para o cinema pelo diretor Joe Wright – o mesmo que dirigiu Orgulho e Preconceito, um dos meus filmes favoritos – e que a atriz Keira Knightley interpretaria Anna. Eu não quis de jeito nenhum ver o filme antes de ler o livro. Então comecei minha busca incessante em todas as livrarias e sebos que eu encontrava. Estava demorando muito para achar e eu já estava quase desistindo, mas no dia dos namorados eu tive uma surpresa. Meu namorado havia encontrado o livro na biblioteca da casa dele e me deu de presente no dia 12 de junho.

Foi muito inesperado ganhar o livro e saber que todo esse tempo tinha um exemplar – lindo e antigo – na casa dele hahahaha. Bom, apesar de todo esse tempo, só agora pude realmente pegar o livro para ler. Estou na metade e não vejo a hora de saber como a história termina (apesar de já ter lido alguns spoilers). Logo separarei uma tarde para ver o filme.

Sobre o livro. A história foi escrita em entre 1873 e 1877. Ela começa com a frase “Todas as famílias felizes são iguais. As infelizes o são cada uma à sua maneira”. Pelo início do livro já dá para perceber que o enredo gira em torno do tema família. O foco está principalmente em Anna Karenina, uma mulher da aristocracia russa, casada e com um filho, que decide abandonar tudo para viver com seu amante Vronski. Tolstoi também explora outros temas como o amor, casamento, política, fé e morte (por Dose Literária).

Estou gostando muito da leitura e espero que a adaptação para o cinema seja tão boa quanto o livro. Assim que eu terminar, venho aqui dizer o que achei da obra por completo. Deixo agora uma foto do livro e outra com a dedicatória na primeira página. Muito obrigada pelo presente, Kau!

Quem quiser se aventurar por entre os sebos e as livrarias da cidade para procurar Anna Karenina não vai se arrepender.

Image

Image

Créditos (Primeira foto – Faixa Pontilhada): Lomogracinha

Salvar

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply